São Miguel do guaporé (RO), 13 de novembro de 2019

NOTICIAS

31/10/2019 12:50

Ismael Crispin presta homenagem a primeira mulher a comandar um helicóptero de ataque

A aeronave, armada com um canhão de 23mm e capaz de lançar mísseis e foguetes, é blindada e pesa 12 toneladas

Durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, essa semana, o deputado estadual Ismael Crispin (PSB) apresentou requerimento para homenagear com Voto de Louvor a Tenente Aviadora Vitória Bernal Cavalcanti, por se tornar na história da Aviação Brasileira a 1ª mulher do país a alçar voo no comando de um helicóptero de ataque AH-2 Sabre. 

Formada pela Academia da Força Aérea (AFA) em 2013, a Tenente Aviadora Vitória Bernal Cavalcanti é natural de São Paulo (SP). Ela é a primeira aviadora do Esquadrão POTI, equipado com os helicópteros de ataque AH-2. A aeronave, armada com um canhão de 23mm e capaz de lançar mísseis e foguetes, é blindada e pesa 12 toneladas.   

O parlamentar destacou que a Tenente entrou para a história da aviação Brasileira ao se tornar a primeira mulher do país no comando de um helicóptero de ataque, servindo de inspiração para todas as mulheres, mostrando que, por meio do esforço e da dedicação, todas as pessoas podem alcançar qualquer objetivo. 

O esquadrão POTI está sediado no município de Porto Velho em Rondônia, devido a posição estratégica dentro da Amazônia, que possibilita as aeronaves chegar a qualquer lugar do território nacional. A Tenente Aviadora Vitória fez inúmeras missões durante a especialização no Estado do Rio Grande do Norte, como busca e salvamento, transporte de carga externa, navegação e emprego armado, se identificou com o emprego armado. Ela optou pelo Esquadrão POTI porque é um dos esquadrões da FAB mais especializados em helicóptero.

Texto: Eláine Maia-Decom-ALE/RO

Foto: Marcos Figueira-Decom-ALE/RO


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo